RPG The Walking Dead

Forum de RPG The Walking Dead
 
InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha James Petraeus - podem ficar a vontade para avaliar.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dai Tenshi
Staff
Staff
avatar

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/10/2012

MensagemAssunto: Ficha James Petraeus - podem ficar a vontade para avaliar.   Sab 10 Nov 2012, 1:21 am

Jogador: Daí Tenshi
Idade: 27
Nome: James Petraeus
Idade do Personagem: 30
Naturalidade: Los Angeles
Natureza: Juiz
Comportamento: Gozador
Classe: Boa pergunta
Conceito: Agente da CIA

ATRIBUTOS (6 - 5 - 3)
FÍSICOS - 6
Força: 1+2=3
Destreza: 1+3=4
Vigor: 1+1=2


SOCIAIS -3
Carisma: 1+1=2
Manipulação: 1 +1=2
Aparência: 1+1=2

MENTAIS -5
Percepção: 1+1
Inteligência: 1+2
Raciocínio: 1+2

HABILIDADES PONTOS (11-8-5)
TALENTOS - 8
Prontidão:2
Esportes:
Briga:1
Esquiva:3
Empatia:
Expressão:
Intimidação:
Liderança:
Manha:
Lábia:2

PERÍCIAS - 11
Empatia c/ Animais:
Ofícios:
Condução:2
Etiqueta:
Armas de Fogo:3
Armas Brancas:1
Performance:
Segurança:2
Furtividade: 2
Sobrevivência:1


CONHECIMENTOS -5
Acadêmicos:1
Computador:1
Finanças:
Investigação:3
Direito:
Lingüística:
Medicina:
Crença:
Política:
Ciências:

VANTAGENS:
VIRTUDES PONTOS - 7
Consciência/ Convicção: 1+2=3
Auto-Controle/Instinto: 1+2=3
Coragem: 1+3=4

HABILIDADES ESPECIAIS


Armas Leves (dificuldade -1 em ações de tiro com
armas pequenas)


Artes Marciais (Kung-Fu) (dificuldade -1 em ações de
lutas corporais)


HUMANIDADE: 6




PRELÚDIO:


Por onde eu começo? Será que eu conto minha história desde que eu me entendo por gente? Nãaooo vai ficar muito grande e sem contar que eu to sem saco, vou focar mais nesses dias horríveis, porém, caso eu morra e alguém ache o meu diário ou eu queira me lembra de como eu era, vou contar um pouco mais sobre mim e como vim parar aqui nessa casa toda trancada. Por que será que eu fiz a porcaria desse diário? Lembrei, EU NÃO TENHO MAIS NADA PARA FAZER AQUI DENTRO DE CASAAAAA, isso sem contar que eu aprendi na academia da CIA que é uma das formas de não ficar louco em um ambiente tão monótono. Vamos às dicas anti-tortura: Se quiser manter a lucidez exercite o seu cérebro, como eu não quero jogar xadrez comigo mesmo, fiz esse diário, faça outra coisa caso queira.

Bom, vou começar, eu sempre fui uma pessoa “normal”, nem muito louco e nem tímido, acho que era por causa da doutrina do Kung-Fu que me fazia ser um cara decidido, porém, disciplinado.

Meus problemas começaram a partir do momento em que eu entrei para a George Washington University, em medicina, nessa época eu decidi que iria passar a ser mais vagabundo, ia passar um ano só tentando pegar as outras alunas da universidade. Quando eu terminei o 1º ano do curso, meus fizeram uma viagem pelo mundo, só que eles passaram pela Terra Santa, e acabaram mortos em um ataque terrorista islâmico. A partir desse momento meu mundo caiu, tive que cuidar de tudo sozinho, desde o traslado de volta aos EUA, a todos os detalhes do enterro deles em nossa terra natal.


Após esses fatos resolvi que viveria em Washington mesmo, e tentar fazer minha vida por aqui, vendi todos os bens da família e comprei um AP próximo à universidade. Dediquei-me mais aos estudos, porém, sempre tive uma sede de vingança, e queria fazer alguma coisa mesmo sabendo que o terrorista morrera no ataque. Sentia vontade de acabar com eles, foi quando eu vi a oportunidade de entrar na CIA, como eles chamam “Oportunidade Para Estudantes”, resumindo consegui virar agente e abandonei o curso de medicina.


Na academia da CIA passei a gostar realmente da idéia de ser agente secreto americano, isso soa bem para pegar as gatas, voltei ao Kung-Fu, na tentativa de ser um agente mais completo, e me esforcei ao máximo para não fazer feio, isso sem contar que se eu não fosse bom provavelmente seria um homem morto.


O que eu vou falar da galera do escritório? Os caras são muito sérios, mas meus amigos são bem legais, saíamos quase toda a semana para beber, e tem uma gata com quem trabalhei em uma missão no México sobre trafico de drogas internacional, Nossa Senhora me apaixonei de cara, não sei por que não dei em cima dela logo de cara. Maldita ética profissional, mas deixa pra lá, depois eu pego ela. Oooww Jennifer ah você aqui! Claro se ela tiver viva. Mas sei que ela está bem. Um dos motivos de eu ainda estar vivo, foi por que ela me salvou dos traficantes Tchicanos, mesmo eu sendo um agente muito bom, ela é bem melhor do que eu.


Bom do dia “D” como os jornais estavam chamando, me lembro de ter sido chamado às pressas um dia antes, para voltar ao escritório devido a um acidente com uma arma biológica, em um laboratório que prestava serviços para o governo, pelo menos foi isso que eu entendi, mas quando eu cheguei a Washington para pegar mais informações a cidade estava um caos. Só pensei: Puta merda vão saquear a minha casa, vou para lá o quanto antes. Êêêhhh arrependimento, esse foi o maior erro da minha vida, devia ter ido para o escritório, lá estaria bem mais seguro e com bastante comida, agora eu estou aqui trancado em casa vendo vários infectados passando pela minha porta.


Até que foi legal escrever parte da minha historia nessa agenda, ajudou a voltar um pouco a razão. Porém, o telefone por satélite e o radio não funcionam há dias, sorte de eu ter um carregador manual se não estaria ferrado devido à falta de energia. Se bem que tanto faz, essa porra não ta servindo mesmo, não tem sinal nenhum, tenho que ir para um canto que eu consiga me comunicar com o pessoal do escritório através do rádio. Porque eu não tenho uma faca de vergonha nessa casa? Como um agente só tem uma arma padrão em casa? Ainda bem que tem mais 2 pentes sobressalentes, que por sinal eu esqueci de devolver a CIA, \o/ obrigado senhor (auhauahauh), vou ver se tem alguma faca de vergonha na cozinha, não sei quantos tiros terei de dar até chegar em um local seguro e alto, da próxima vez vou montar um arsenal em casa, para não passar por esse sufoco de novo. Bom eu mesmo vou indo ver se acho alguém vivo, ou uma fortaleza. Flw até mais tarde.





PROPÓSITO: sobreviver, voltar a CIA para ajudar a consertar as coisas, e quem sabe conquistar a Jennifer.



BANCO DE XP:

ARMAS E APETRECHOS:

__________________________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
WTF? :shock:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HaSSaM
Staff
Staff
avatar

Mensagens : 98
Data de inscrição : 28/10/2012

MensagemAssunto: Re: Ficha James Petraeus - podem ficar a vontade para avaliar.   Qui 22 Nov 2012, 11:54 am

Preludio ficou estranho... Vc usa um certo humor, sendo que esta entre a vida e a morte. Vc tira todo o horror do jogo.

Em relação a sua ficha. Bem, para um agente da CIA, é importante politica... Para um ex-universitario de medicina, é importante Medicina. Pelo menos 1 ponto.

Sem intimidação você não consegue nenhuma confissão em um interrogatorio. Não consegue dar medo em ninguem.

Ah é... Seu preludio é feito em base logo depois do Dia D, mas já se passaram um ano. Não pode ter ficado esse tempo todo dentro de sua casa, acrescente um pouco mais apartir que saiu de seu refugio.

Acho que é só.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ficha James Petraeus - podem ficar a vontade para avaliar.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Humanidade e Força de Vontade
» Oração para marido fica carinhoso
» Ventrue AT
» Ele (a) vai te procurar manso como um cordeiro
» Fichas dos membros da Sociedade do Anel

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
RPG The Walking Dead :: Cadastros :: Inscrição de Fichas - Análise-
Ir para: